sábado, 3 de abril de 2010

"Equívocos do Feminismo".



Aos olhos comuns, o primeiro equívoco ao se definir uma feminista é considerá-la uma sexista, ou seja, alguém que acredita estar acima dos homens e ser melhor que eles em todos os aspectos. Porém, essas mulheres são, na verdade, as femistas, que andam de mãos dadas com os machistas, por serem auto-suficientes e preconceituosas em suas convicções. Sabemos que o feminismo prega a igualdade entre os sexos, e luta para que as mulheres tenham as mesmas oportunidades e direitos que os homens, e que não instiga criar uma guerra entre os sexos, que é exatamente o que essas falsas feministas fazem, distorcendo a base do movimento igualitário feminista, generalizando-o e tornando-o preconceituoso.
O segundo equívoco e o mais grave de todos cometido pelo senso comum é considerar que toda feminista, via de regra, é uma mulher mal amada e amarga em relação ao sexo oposto, e que a mesma, obrigatoriamente, é homossexual. Para esta, no caso, as relações homossexuais seriam um modo de buscar o êxito não obtido com as relações heterossexuais que ela já vivenciou, e que se iniciam principalmente, por que a mesma possui uma admiração extrema pela mulher e a considera superior ao homem.
Infelizmente, essa visão distorcida foi muito disseminada pelas mulheres mais extremistas dos anos 70 que se diziam feministas, e as defendiam com unhas e dentes, seguindo-as até as últimas consequências. Entretanto, hoje sabemos que essas mulheres eram extremamente sexistas e homofóbicas, pois subentende-se que elas tornavam-se homossexuais não por amor e por uma inclinação natural de sua personalidade, e sim por asco ou aversão ao sexo oposto.
Tal crença acaba distorcendo totalmente os ideais feministas, que pregam igualdade e respeito às diferenças, calcando-se nas verdadeiras intenções do Movimento Punk, e que por andar lado a lado com o mesmo, originou o Movimento Riot, através do qual emergiram várias bandas de punk feminista.
Por isso, a primeira atitude a ser tomada por quem quiser abraçar o feminismo, é a de pesquisar e se informar sobre o que realmente significa e é o movimento feminista, e ter, principalmente, a mente aberta e livre de qualquer preconceito ou generalização, para que a luta pela igualdade e aceitação das diferenças nasça de dentro para fora, e faça-se plena de sentido e verdade, e livre de estereótipos.

Por ♀Mari Diaz† - ♀Riot Vicious†.
10/07/09